Nossos encontros se tornaram desencontros!

nossos encontros são desencontros

Era incrível a nossa sinergia garota, você conseguia me fazer ser oito ou oitenta, me fazia seguir seu ritmo doido e muitas vezes calmo, às vezes éramos beijo tranquilo e outrora fogo aceso, era sexo ensurdecedor e outrora um amor sem ferocidade. Quando foi que a gente se perdeu? Quando foi que os nossos encontros se tornaram desencontros?

Você foi embora, me deixando sozinho nesse quarto escuro ao som do ventilador em dias de calor, você foi embora e me deixou sozinho nessa cama gelada que sente sua falta. Quando foi que a gente se deixou, quando foi que você resolveu partir de mim?

Você se foi e eu fiquei sem uma parte de mim, por que tinha que ser assim? Você levou muito de mim e se esqueceu de deixar uma parte maior sua, você foi embora e agora estou aqui, jogado vendo series e todo final de semana procurando uma nova para começar. Quando foi que a gente se esqueceu? Quando foi que você quis ser sua própria companhia?

A gente tinha tudo para dar certo mesmo sendo duas pessoas malucas e talvez um pouco erradas um para o outro, mas eram incríveis os passos dados em tão pouco tempo, o quanto nos conhecíamos e o quanto cada um representava para o outro, não entendi porque você se foi e eu fiquei. O seu bilhete “eu te quero pra sempre” ainda esta aqui pendurado na minha gaveta por dentro, talvez seja sua chave de entrada na volta ou talvez ainda seja uma reflexão para mim mesmo, para eu me querer pra sempre. Quando foi que a gente deixou de se ter? O seu livro preferido ainda decora meu quarto junto aos meus. Quando foi que os nossos encontros se tornaram desencontros? Volta aqui, traz de volta o que levou de mim e se quiser depois pode partir. Mas me devolve o que levou sem olhar pra trás, depois você pode ir.

Joá Jr.

Deixe uma resposta