Como eu fui com você

naom_560eba57ef013

Eu posso até falar em algumas partes como eu era antes de você ou como estou sendo depois de você, mas prefiro falar como eu fui com você.

Antes de te conhecer eu era um idiota e talvez ainda seja, mas idiota de formas distintas. Eu era frio e não me importava muito com as pessoas ao meu redor, tampouco se preocupava com o que sentiam e isso fez de mim um idiota. Hoje eu uso de empatia, faço o possível para não machucar quem me fez sorrir e acabo priorizando mais o outro que a mim e, isso também me faz um idiota. Mas obrigado por me mudar e fazer ser quem eu sou hoje: um cara exagerado e alguém que sente muito tudo o que acontece a sua volta.

Pois bem, com você eu fui alguém que eu não sabia que existia em mim, fui um cara doce e cheio de erros também, fui um cara paciente e também impaciência em alguns momentos importantes para você. Com você eu sorria muito, de dentro para fora, sem forçar nada e também chorei de alma para corpo. Com você eu descobri o carinho, o apego, a vontade de querer estar com alguém e também vi o quão chato sou, complicado e intenso. Com você eu aprendi a sentir muito, a ser atencioso ao tom de voz, ao jeito da escrita, até por uma conversa no WhatsApp, sabia quando não estava bem ou havia algum problema em sua vida e também aprendi que as vezes algumas coisas não são recíprocas na mesma magnitude, isso não quer dizer que você não era, porque você devolvia tudo isso, mas do seu jeito. Com você eu fui palhaço para te fazer sorrir, porque seu sorriso me encantava, mesmo você não gostando muitas vezes das minhas brincadeiras e também fui sério quando preciso, duro com as palavras, talvez até um idiota sem perceber diversas vezes. Com você eu fui música, poesia do dia-a-dia e também fui música fúnebre, escrita mal colocada e estrofes sem sentido. Com você eu fui mais eu, aprendi a ser mais eu e também aprendi a ser mais você, a ser mais nós, algo que não existia em mim. Com você as manhãs de domingo sempre eram ensolaradas, não importava o tempo nublado que estivesse e também fui tempestade em pleno verão. Com você eu fui caloroso, abraços apertados, beijos arrebatadores e também fui frio, abraço não tão agradável e beijo sem desejo. Com você eu fiz sexo no início e talvez amor em nosso meio de história, também fui desejo carnal e quis matar minha vontade de apenas ter um corpo para aquele dia. Com você eu fui alguém que até hoje não consegui ser com mais ninguém e também sou alguém que nunca fui com você. Com você eu tive vários inícios, meios e também apenas um fim. Com você eu fui ficante e também namorado. Como eu fui com você. Muito obrigado. Seja feliz, estou sendo feliz também, entre tropeços e acertos. Beijos e um abraço apertado.

Joá Jr.

Deixe uma resposta